Caos no Vasco pode cancelar jogo pelo Carioca

Quinta Feira, 18 de Janeiro de 2018


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto divulgação

Num clima de clara divisão política, o Vasco deve estrear hoje no Campeonato Carioca 2018. O time encara o Bangu em partida marcada para às 21h30, no estádio São Januário. Existem sérias dúvidas acerca da realização da partida, afinal de contas, embora a justiça tenha determinado que um triunvirato vai administrar o clube até a eleição do Conselho Deliberativo, marcado para amanhã, ninguém entre os dirigentes quer se responsabilizar pela logística da partida.

Para se ter uma ideia da confusão gerada pela decisão da justiça, torcedores que quiseram quarta-feira (17) pela manhã comprar ingressos para o duelo pela primeira rodada, encontraram as bilheterias fechadas. O caos administrativo não parou por aí. Em coletiva concedida no início da tarde, Eurico Miranda se eximiu de responsabilidade na gestão do jogo contra o Bangu, apesar de o mando ser do Vasco. O dirigente, que deixou o clube, disparou uma série de declarações estapafúrdias no encontro com os jornalistas. E sobrou até para a justiça.

"Eu liguei para CBF e contei a situação. Com é que fica? ´Vamos reunir, discutir´. Me ligaram de volta e disseram que era só fazer uma petição para prorrogar o mandato por três dias. Entramos, e ela deu essa decisão. O que quer que eu faça?", disse Miranda, criticando a decisão da justiça, tomada anteontem, de que o Vasco será administrado por ele, Júlio Brandt e Francisco Horta até o conselho eleger o novo presidente, nesta sexta-feira. Nenhum dos três se entenderam sobre a responsabilidade de preparar São Januário para a partida de logo mais. 

“Eles (Ferj) vieram saber quem será o responsável. Se eles quiserem se responsabilizar por bilheteiros, ambulância, etc... Tudo o que é preciso. Não tem responsável”, declarou o presidente que está fora do clube. Já Júlio Brandt declarou que não vê problemas na realização do confronto contra os banguenses e assumiu para si a responsabilidade de ser o administrador do clube, num gesto claro para acalmar os ânimos às vésperas do primeiro jogo do time em 2018.

Se haverá jogo ou não, até o fechamento desta edição não se sabia. Contudo, o técnico Zé Ricardo deverá colocar em campo um time com a provável escalação: Martin Silva; Pikachu, Luís Gustavo, Ricardo Graça e Henrique; Wellington, Evander, Wágner e Nenê; Paulinho e Andrés Rios.     



TÓPICOS: vasco | jogo | carioca

Leia também Mês de março será de festas no Krav Maga

Todas as academias credenciadas no Brasil, México e Argentina terão programação especial, aberta a quem quiser conhecer a...